Reflexões sobre a hipocrisia e assertividade

Recentemente um fato ocorrido com pessoas próximas me chamou atenção, não só pelo fato em si, mas pela ação das pessoas que nele estavam envolvidas, pessoas que carregam consigo a imagem mais honrada e mais amigável possível, mas que atrás desta fachada, o recheio é a hipocrisia. No dicionário hipocrisia é definido como a “característica do que é hipócrita; falsidade, dissimulação. Ato ou efeito de fingir, de dissimular os verdadeiros sentimentos, intenções; fingimento, falsidade“.

Pergunto: por que alguns de nós sentimos a necessidade de mostrar sermos o que não somos, de sentirmos o que não sentimos e de agirmos como não agimos, efetivamente?

O que nos leva a querer passar uma imagem de perfeição, maquiando os próprios sentimentos e fingindo as próprias ações?

Além de falhas severas de caráter, pois este significa “um conjunto de características e traços relativos à maneira de agir e de reagir de um indivíduo“, temos a inassertividade, ou seja, a dificuldade da pessoa se colocar efetivamente, dizer o que pensa de uma situação, como se sente frente a algum fato com ela ocorrido, levando em consideração o outro envolvido na questão.

No âmbito da psicologia, a assertividade é a forma habilidosa da expressão tanto dos sentimentos, quanto de pensamentos e necessidades, sem prejudicar o outro ou violar seus direitos. Consideramos que a assertividade é uma habilidade a ser. Quando o ponto de vista do outro é entendido e respeitado por nós em nossas ações e julgamentos, consideramos que o indivíduo está pensando de forma assertiva e quando este adequa suas ações no sentido de buscar o entendimento real e a solução do fato, dizemos que está agindo também de forma assertiva.

Tanto a assertividade quanto franqueza e sinceridade são características e qualidades fundamentais para uma convivência saudável em sociedade e podem e devem ser trabalhados e desenvolvidos desde a mais tenra idade.

A convivência com pessoas fica bem saudável e tranquila se conseguirmos ser francos com nossos sentimentos e pensamentos e coerentes com nossas ações.


PARTICIPE

Quer saber tudo sobre Limeira e região? Mande um WhatsApp para o número (19) 99501-5532 e passe a receber as principais notícias e informações sobre a cidade através do aplicativo. Faça parte do Alô e convide seus amigos para participar também!




Você pode gostar também

Sophia Rodovalho

Se eu fingir que não vi, será que deixa de existir?

É cada vez mais frequente ouvirmos pais queixando-se, pois o comportamento de seus filhos é notado e ‘apontado’ pela escola, por demais pais, professores de aulas extras, dentre outros. Sempre

Sophia Rodovalho

Setembro amarelo – atenção!

“Setembro Amarelo é uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio, com o objetivo direto de alertar a população a respeito da realidade do suicídio no Brasil e no

Sophia Rodovalho

Sobre sorrisos e grasnados…

E mais uma vez me pego refletindo no ser humano e no que os tempos de hoje tem feito conosco. Não é raro presenciarmos pessoas gritando, brigando, xingando, ofendendo quando

Deixe seu comentário