Resgatados 40 dos 55 presos do Hospital Psiquiátrico de Franco da Rocha

Policiais militares fazem uma varredura na região de Franco da Rocha, na Grande São Paulo, em busca de presos que fugiram ontem (17) à noite, após uma rebelião no Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico (HCTP) professor André Teixeira Lima. Até às 8h30 de hoje (18) tinham sido recapturados 40 dos 55 fugitivos, segundo a Secretaria de Administração Penitenciária.

Durante o motim, os presos incendiaram pelo menos três pavilhões. O Hospital de Custódia André Teixeira Lima é destinado ao tratamento psiquiátrico de detentos homens e mulheres, que cumprem pena em regime fechado e semiaberto. Também há presos provisórios e em medida de segurança. De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária, em contagem feita no último dia 13, havia 523 presos na unidade, que tem capacidade para 594 pessoas.

No dia 29 de setembro, 470 presos fugiram do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) da cidade de Jardinópolis (SP) quando passavam por uma revista de rotina.


PARTICIPE

Quer saber tudo sobre Limeira e região? Mande um WhatsApp para o número (19) 99501-5532 e passe a receber as principais notícias e informações sobre a cidade através do aplicativo. Faça parte do Alô e convide seus amigos para participar também!




Você pode gostar também

Polícia

Polícia do Texas mata suspeito de ataque a quartel-general em Dallas

O homem que atacou o quartel-general da polícia em Dallas, Texas, na madrugada de hoje (13), foi baleado e morto por atiradores de elite. Ele era suspeito de ter colocado

Polícia

Mulher cai em golpe ao alugar casa por rede social em Limeira

Uma mulher de 22 anos de idade caiu no golpe de um falso anúncio de locação de imóvel, e acabou perdendo R$ 1.100 após a suposta proprietária fingir que estaria

Polícia

Polícia Militar abre vagas para soldado PM 2ª classe

Quem quiser fazer parte da Polícia Militar de São Paulo já pode se inscrever no concurso público que oferece 2.293 vagas para soldado PM 2ª classe. As inscrições vão até

Deixe seu comentário