Ser mãe: Amor que não se mede

Segundo o dicionário, uma das definições da palavra “Mãe” é: “Aquela que gerou, deu à luz ou criou um ou mais filhos. Aquela que oferece cuidado, proteção, carinho ou assistência a quem precisa.”

Ser mãe é algo imensurável, uma dádiva de Deus! É dar carinho, afeto quando o choro rouba a cena e você vê uma lágrima escorrendo no rosto do seu filho. É cuidado na hora da febre em plena madrugada.

É ter um dia exaustivo de trabalho e, ao chegar em casa, receber um abraço do seu filho e um bilhetinho escrito “eu te amo”. Também é conversar sério, mas com carinho quando chega o boletim com notas vermelhas ou uma reclamação do professor.

Ser mãe não é somente formar o filho e enchê-lo de significados nos primeiros anos da infância; é uma missão para a vida toda. Conforme os filhos vão crescendo, nós, mães, também os acompanhamos. O que muda são as conversas! A preocupação não é mais se a criança vai dividir o brinquedo com o primo, mas se está fazendo a escolha certa para o vestibular, se foi bem na entrevista no trabalho e a espera ansiosa por quando seu filho irá trazer o neto para passear na casa da vovó.
O dom de ser mãe implica em um carinho gratuito para sempre, que passará de geração em geração. É o alicerce, o chão firme quando o mundo parece de cabeça para baixo. É sonho quando os dias estão cinza.

Você que está lendo ter se identificado ou lembrado de uma amiga que também enfrenta os desafios de mãe. Precisamos recordar e ter como referência Maria, a Mãe de Jesus. Jesus podia ter vindo ao mundo pela primeira vez de diversas formas, mas ele escolheu pela família, graças ao “sim” de Maria.

A exemplo da Mãe de Jesus, devemos reafirmar todos os dias, nos momentos de alegria e tristeza, o nosso sim à maternidade.

Sou filha da Dona Maria e mãe da Pâmella, da Paôlla e da Polliana. Diariamente, transmito às minhas filhas o amor que recebi da minha mãe. Amor que se renova a cada instante e que não tem fim.

Mãe, você recebeu essa linda missão de gerar vida, seja ela no ventre ou no coração. Portanto não desperdice esta valiosa oportunidade. Ame! Cuide! Eduque! Você sempre será a mais beneficiada.

Feliz Dia das Mães!

Escrito por:
*Paula Guimarães, missionária da Comunidade Canção Nova, jornalista e apresentadora do Programa “Sorrindo pra Vida”, na TV Canção Nova. É autora do livro “TV Canção Nova a vida por trás das câmeras”, pela Editora Canção Nova. No seu blog (blog.cancaonova.com/paulaguimaraes) disponibiliza o canal de vídeos #emfamília com Paula Guimarães

Você pode gostar também

Opinião

O número da Besta do Apocalipse

O último livro da Bíblia, chamado de Apocalipse, de autoria de João, um dos discípulos de Jesus, descreve acontecimentos devastadores, relacionados ao final do mundo. No capítulo 13, ele faz

Opinião

Quem ganhou mais, governo ou oposição? Nenhum deles

Neste dia histórico de 17 de abril de 2016, a população brasileira assistiu ao vivo, em todas as maiores redes de televisão do país a votação de admissibilidade do pedido

Opinião

Pelos de roedores em alimentos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) proibiu no mês de julho a venda de um lote de extrato de tomate da marca Heinz, devido à presença de pelos de

Deixe seu comentário