Sobe para dez número de mortes confirmadas em incêndios na Califórnia

Sobe para dez número de mortes confirmadas em incêndios na Califórnia

Sobe para dez o número de vítimas confirmadas devido aos incêndios que atingem a Califórnia desde o fim de julho. A informação foi divulgada hoje (9) em um balanço do Departamento Estadual de Proteção Florestal contra Incêndios.

Há dez dias, 20 incêndios afetam a região e o maior deles ainda está ativo. Chamado de Carr e já destruiu mais de 71 mil hectares no Norte do estado. Segundo o levantamento, até agora somente 48% das chamas foram contidas e cerca de 1100 casas foram destruídas.

Ao todo, quatro mil bombeiros trabalham para conter os focos do incêndio. Mas segundo o governo as equipes sofrem com o trabalho intenso. Dois bombeiros morreram em atividade.

Os incêndios deste mês de julho e começo de agosto já destruíram mais de 1,150 mil quilômetros quadrados (km²) e já ultrapassaram o recorde anterior deixado pelo incêndio Thomaz, que em dezembro atingiu uma área de 1,140 mil km², no Sul do estado.

Segundo especialistas, os incêndios na Califórnia têm sido cada vez mais frequentes e intensos, formando tempestades de fogo, por causa do tempo seco, calor intenso e ventos fortes. Combinados, esses três elementos servem de combustível para aumentar o poder de destruição das chamas.

Você pode gostar também

Limeira

Prefeitura de Limeira lança campanha sobre riscos do cerol

“Férias sem Cerol – Não faça da brincadeira um acidente” é a campanha que a Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria de Segurança e Defesa Civil, lançou nesta semana.

Limeira

Minas Gerais contabiliza 60 ataques a ônibus em 29 cidades

O estado de Minas Gerais registra 60 ataques a ônibus ocorridos em 29 cidades. A atualização dos números foi divulgada hoje (6) pela Polícia Militar. De acordo com a PM,

Limeira

Mais de R$ 6 bilhões de lucro do FGTS serão rateados com trabalhadores

Os investimentos feitos com recursos do FGTS resultaram em um lucro de R$ 12,46 bilhões em 2017. Metade deste valor (R$ 6,23 bilhões) será dividida proporcionalmente entre todos os trabalhadores

Deixe seu comentário