Subtenente é o 35º policial morto neste ano no Rio

Subtenente é o 35º policial morto neste ano no Rio

O subtenente Marcílio de Melo Ferreira, de 54 anos, foi assassinado na madrugada de hoje (2), durante assalto a posto de gasolina, na zona norte da cidade do Rio de Janeiro. O policial militar estava abastecendo o carro no posto localizado na Avenida Intendente Magalhães, em Campinho, quando os assaltantes perceberam que ele estava armado.

O policial lutou com os criminosos, que conseguiram roubar sua arma e atiraram contra ele. Marcílio chegou a ser levado para o Hospital Estadual Carlos Chagas, mas não resistiu aos ferimentos.

Logo em seguida, policiais militares que faziam o patrulhamento daquela avenida prenderam três pessoas que supostamente se envolveram no roubo e assassinato do policial. A Delegacia de Homicídios da Capital investiga o caso.

Marcílio, que estava na Polícia Militar há 31 anos, era casado e tinha seis filhos. Ele foi o 35º policial assassinado neste ano no estado do Rio de Janeiro.

Você pode gostar também

Polícia

Aposentando é autuado em R$ 22 mil por comércio ilegal de aves em Limeira

Um aposentado foi autuado em R$ 22 mil nesta sexta-feira (9) por comércio ilegal de aves silvestres no Jardim Ouro Verde, em Limeira. O homem já tem seis passagens na

Polícia

Brasileira é morta por engano pela polícia portuguesa

Uma brasileira foi morta por engano, pela polícia portuguesa, na madrugada de ontem (15), em Lisboa. Ela estava em um carro que foi confundido com um veículo que fugia da

Polícia

PF deflagra nova fase da Lava Jato e ex-tesoureiro do PT volta a ser alvo

A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje (4) a 31ª fase da Lava Jato – denominada Operação Abismo – para investigar desvios em licitações para a reforma do Cenpes

Deixe seu comentário