Time do Emprego tem novos facilitadores em Limeira

Time do Emprego tem novos facilitadores em Limeira

Representantes do Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de Limeira participaram de uma capacitação para a formação de novos facilitadores do Time do Emprego. A iniciativa, realizada em Piracicaba, contou com a presença de outros 15 municípios das regiões de Araraquara, Barretos, Campinas, Marília, Franca e Piracicaba.

A solenidade de encerramento da capacitação, ocorrida no início do mês, contou com a presença do Secretário do Emprego e Relações do Trabalho do Estado de São Paulo, José Luiz Ribeiro, do Secretário do Trabalho e Renda de Piracicaba, Evandro Evangelista, e da gerente do PAT Limeira, Daiane Vieira Alves Favero Picolomini, que na ocasião esteve acompanhada da assistente administrativo do PAT, Marjorie Asbahr Shimma de Morais.

Para o secretário de Desenvolvimento, Turismo e Inovação de Limeira, Tito Almirall, apostar na qualificação de novos facilitadores do programa significa ter mais atendimento de qualidade para os munícipes que procuram um lugar no mercado de trabalho. “Ao longo do ano, frequentaram o programa mais de 160 pessoas”, frisou.

O Time do Emprego é um programa do Governo do Estado de São Paulo desenvolvido em parceria com os municípios, que oferece orientação profissional. O objetivo central do programa é auxiliar na inserção ou retorno ao mercado de trabalho.

Você pode gostar também

Limeira

Novos radares terão comunicação com Muralha Digital

Após ficar mais de ano sem radares de limite de velocidade, no mês que vem eles voltarão a funcionar em Limeira, inclusive o de avanço de sinal. Além de fazer

Limeira

Biblioteca Monteiro Lobato faz parte de projeto de incentivo à leitura

A Emeief Prada inaugurou a Biblioteca Monteiro Lobato neste sábado (22). A escola recebe crianças de quatro a dez anos. A nova sala de leitura possui um acervo de aproximadamente

Limeira

Supermercados desperdiçam R$ 3,9 bi em alimentos por ano, diz Abras

Os supermercados brasileiros desperdiçaram, no ano passado, o equivalente a R$ 3,9 bilhões em frutas, legumes e verduras e produtos das sessões de padaria, peixaria e açougue. Na comparação com

Deixe seu comentário