Traficante brasileiro chefe de quadrilha no Paraguai é detido em Assunção

Traficante brasileiro chefe de quadrilha no Paraguai é detido em Assunção

Agentes antidrogas paraguaios detiveram nesta terça-feira (30) em um departamento de Assunção o traficante brasileiro Adriano Augustin Calonga Lechuga, considerado o chefe de um grupo criminoso dedicado ao tráfico de armas e de cocaína do Paraguai ao Brasil. A informação é da agência Efe.

A detenção aconteceu em um edifício de apartamentos luxuosos em um bairro da capital paraguaia, onde Adriano vivia sozinho, segundo informou a Secretaria Nacional Antidrogas (Senad). O brasileiro, que permanece na sede de operações da Senad, estava foragido desde meados de 2017 e se refugiou no Paraguai para continuar com suas operações de narcotráfico, disse a fonte em um comunicado.

Sua saída do Brasil ocorreu após a “Operação Malote”, realizada pela Polícia Federal brasileira e na qual foram confiscados mais de 400 quilos de cocaína e cinco toneladas de maconha. De acordo com a Senad, o traficante liderava no Paraguai uma organização que transferia até 400 quilos de cocaína e toneladas de maconha para os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

As autoridades paraguaias aguardam a extradição de Adriano ao Brasil, onde existe uma ordem de prisão contra o mesmo, explicou a Senad.

Edição: –

Você pode gostar também

Polícia

PF deflagra 18ª fase da Lava Jato para apurar empréstimos

A Polícia Federal cumpre desde o início da manhã de hoje (13) um mandado de prisão temporária e dez de busca e apreensão na 18ª fase da Operação Lava Jato,

Polícia

Pá Carregadeira é encontrada abandonada em Cordeirópolis

A Pá Carregadeira que foi roubada em plena luz do dia na última sexta-feira (15) em Limeira, foi encontrada nesta quinta-feira (21), em uma área desocupada já na cidade de

Polícia

Homem morre durante partida de futebol em Limeira

José Roberto de Oliveira Neto, 27 anos, morreu na manhã de domingo (14) após passar mal durante uma partida de futebol amador em Limeira. A vítima participava de um jogo

Deixe seu comentário