Tragédia em Piracicaba: médico do Samu atira em colega de trabalho e depois se mata

Foto: Marcelo Alixandre

Foto: Marcelo Alixandre


Dois médicos morreram na manhã desta terça-feira (24) na central do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Piracicaba. O médico Jorel Bottene chegou no local por volta das 11h e atirou quatro vezes em Deives Dias de Oliveira e depois atirou no próprio peito. Bottene foi socorrido, mas não resistiu e morreu a caminho do hospital. Oliveira levou um tiro na perna, um no abdômen, um do tórax e na um cabeça e faleceu no local. O motivo do crime ainda é desconhecido.

Você pode gostar também

Polícia

Shopping Pátio divulga nota sobre furto em loja

Em nota a assessoria de imprensa do Pátio Limeira Shopping informou nesta terça-feira (09) que o furto na loja Claro só foi percebido após abertura da loja e a administração

Polícia

Polícia prende quadrilha que planejou roubo bilionário na capital paulista

A Polícia Civil prendeu 16 homens acusados de escavar um túnel para roubar o cofre de um banco na Chácara Santo Antônio, zona sul da capital paulista. Segundo a investigação,

Polícia

Polícia Civil apreende quase uma tonelada de maconha na Castelo Branco

A Polícia Civil apreendeu quase uma tonelada de maconha, na tarde desta quinta-feira (1), em um caminhão que vinha do Mato Grosso do Sul. A ação ocorreu na Rodovia Presidente

Deixe seu comentário