Últimas vagas para o Casamento Comunitário em Limeira

As inscrições para o Casamento Comunitário 2016 estão em fase final. O Fundo Social de Solidariedade de Limeira e o Ceprosom (Centro de Promoção Social Municipal) estão recebendo os interessados desde 16 de maio e obtiveram grande procura do público.

Esta é 4ª edição do Casamento Comunitário, que atenderá 40 casais gratuitamente. O evento será realizado em 23 de julho, no Ginásio Vô Lucato e contará com a parceria do Cartório de Registro Civil. Durante a cerimônia os noivos receberão uma bênção. Dois juízes de paz garantirão a efetividade do casamento e entregarão a certidão.

As pessoas interessadas devem preencher uma ficha e atender aos seguintes requisitos: serem maiores de 18 anos, solteiras, viúvas ou divorciadas e residirem em Limeira. Para formalizar a inscrição, os noivos devem apresentar os documentos originais de CPF e RG e comprovante de residência individual. Os solteiros deverão apresentar certidão original de nascimento atualizada. Já os divorciados – certidão de casamento averbada com divórcio, e os viúvos, certidão de óbito e certidão de casamento. Também serão solicitados os nomes completos dos padrinhos, que servirão de testemunhas no dia do evento.

Antes da cerimônia, os noivos farão reuniões para definir detalhes sobre o casamento. As inscrições podem ser feitas na sede do Fundo Social de Solidariedade, localizada na Avenida Campinas, 115, Cidade Jardim.




Você pode gostar também

Limeira

Descentralizado, Festival de Aniversário encerra programação do aniversário de Limeira

As comemorações dos 191 anos de Limeira encerraram-se na tarde de ontem(24), com a última edição do Festival de Aniversário, no Jardim do Lago. Além dessa ação, marcada este ano

Limeira

Medo do desemprego diminui, diz CNI

O Índice de Medo do Desemprego caiu 2,2 pontos percentuais em setembro na comparação com junho e ficou em 65,7 pontos. O indicador, que é 2 pontos inferior ao de

Limeira

Temer sanciona lei de proteção de dados mas veta órgão regulador

O presidente Michel Temer sancionou hoje (14) a Lei Geral de Proteção de Dados. A norma estabelece regras para coleta e tratamento de informações de indivíduos por empresas e por

Deixe seu comentário