Usina nuclear Angra 1 ficará 37 dias desligada para reabastecimento

A usina nuclear Angra 1 será desconectada do Sistema Interligado Nacional (SIN) à zero hora deste sábado (18), para ser reabastecida. O procedimento, considerado uma parada programada, deve interromper a produção da unidade por 37 dias.

Esse tipo de parada para reabastecimento ocorre anualmente e, neste ano, foi programado levando em conta os Jogos Olímpicos e Paralímpícos do Rio. As competições acontecem entre agosto e setembro, quando Angra 1 já terá retomado a produção de energia elétrica.

Com o desligamento da usina, trabalhos de manutenção, inspeções e modificações de projeto poderão ser executados. Segundo a Eletronuclear, estatal que opera Angra 1, estão planejadas 3,9 mil tarefas para os dias de desligamento, e 1,2 mil profissionais devem trabalhar para cumpri-las. Entre eles, estão 87 estrangeiros.

Nesse período, cerca de um terço do combustível será recarregado. O reator será reabastecido com 40 novos elementos combustíveis.

Angra 1 é a mais antiga usina nuclear brasileira e está em operação desde 1985. Sua potência é de 640 megawatts, o suficiente para abastecer uma cidade com 1 milhão de habitantes.




Você pode gostar também

Nacional

Trabalhadores de diversas categorias protestam contra a reforma da Previdência

Trabalhadores de diferentes categorias promovem atos hoje (5) contra a reforma da Previdência em diversas cidades. De acordo com a Central Única dos Trabalhadores (CUT), uma das centrais que convocou

Nacional

Candidatos podem consultar vagas disponíveis no Sisu; inscrições começam amanhã

Os candidatos a entrar no ensino superior público já podem consultar as vagas disponíveis no portal do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A consulta pode ser feita por instituição, por

Nacional

Menos de 60% dos brasileiros são atendidos por rede de esgoto

Um total de 156,4 milhões de brasileiros que vivem em áreas urbanas tinha acesso à rede pública de abastecimento de água em 2014. O número representa 93% dos moradores das

Deixe seu comentário