Usuários recebem orientação sobre descarte de lixo nas unidades de saúde

442c9d41fc7f057039ac7aecfe24c9a0
Conscientizar sobre a importância da coleta e do descarte do lixo é o objetivo de capacitações permanentes direcionadas aos munícipes que aguardam atendimento na recepção das unidades de saúde da cidade. A iniciativa, implementada pelos servidores da Secretaria de Saúde, integra o conjunto de ações da campanha Minha Limeira Limpa, lançada pela Prefeitura de Limeira em março.

A ideia é simples, mas tem se mostrado eficaz por atingir diretamente o público. Nesses locais, a população ouve orientações dos agentes de saúde quanto aos mecanismos de destinação do lixo e aproveitam para esclarecer todas as dúvidas relacionadas ao tema, incluindo o funcionamento do 156.

No CSF Amparo, por exemplo, os agentes confeccionaram um cartaz para dar suporte à apresentação, que não dura mais do que 15 minutos. Durante a explanação, eles alertam para os riscos do acúmulo de entulho e lixo em locais inapropriados, como a proliferação do Aedes aegypti e de animais peçonhentos.

Para a agente de saúde da família Joana Nascimento Gomes, de 31 anos, que trabalha no CSF Amparo há um ano, a iniciativa tem se mostrado excelente para conscientizar a sociedade sobre o dever de colaborar com a limpeza pública. Ela também comentou a facilidade de interação com os frequentadores desses locais. “É como se eu estivesse conversando com alguém da família, e por esse motivo, as pessoas me ouvem mais”, disse.

A Operação Só Cacareco e a função dos ecopontos são outros temas abordados durante o treinamento. Os munícipes são orientados a descartar nos Ecopontos apenas restos de construção, podas de jardins, papel, latinhas, plásticos e vidros. Quanto à operação Só Cacareco, que recolhe materiais inservíveis, os agentes reforçam que a disposição do material na calçada deve ser feita apenas na véspera da passagem do caminhão.

Atuar como multiplicador nessa área, segundo o agente Edson Rodrigues Soares, de 45 anos, é uma atividade gratificante. “Além da importância do descarte correto, há também a questão do consumo consciente. Devemos saber quais são as embalagens mais fáceis de encaminhar à reciclagem”, alertou. O time de agentes do CSF é reforçado por Eva Vilma Elias Fermino, de 35 anos. Durante sua fala, ela destacou a necessidade de encaminhar denúncias ao sistema 156.

Na opinião de Monique Anajoza, de 27 anos, mãe de dois filhos, o treinamento na recepção dos CSFs é uma boa oportunidade para conscientizar a população. Ela mora próximo ao ecoponto Campo Belo e afirma que sempre separa o lixo para reciclagem. “Muitos sabem da gravidade da dengue, mas ficam acomodados”.

De acordo com a diretora do Departamento de Gestão Administrativa da Secretaria de Saúde, Marina Archangelo, toda essa iniciativa foi amparada por um treinamento realizado em março pela pasta. “Estamos aproveitando o fluxo de pessoas nos horários de pico das unidades de saúde para realizar ações educativas”, afirmou.

Você pode gostar também

Limeira

Espetáculo Crime e Castigo: Uma vida para Ródion Raskólikov é nesta sexta

Na sexta-feira (28), acontece a apresentação do espetáculo “Crime e Castigo: Uma vida para Ródion Raskólikov”, às 20h30, no Teatro Vitória. A realização é do Projeto Literatura no Palco, com

Limeira

Haddad diz que vai apresentar plano de contraposição a neoliberalismo

O candidato à Presidência da República Fernando Haddad (PT) ressaltou hoje (8) que o respeito aos valores democráticos será a base de sua campanha. Segundo ele, apresentará seu plano econômico

Limeira

Inadimplência do consumidor cresce 0,9% no primeiro semestre de 2019

O volume de consumidores com contas sem pagar cresceu 9% no primeiro semestre de 2019, na comparação com o final do ano passado. Segundo a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas

Deixe seu comentário