Usuários recebem orientação sobre descarte de lixo nas unidades de saúde

442c9d41fc7f057039ac7aecfe24c9a0
Conscientizar sobre a importância da coleta e do descarte do lixo é o objetivo de capacitações permanentes direcionadas aos munícipes que aguardam atendimento na recepção das unidades de saúde da cidade. A iniciativa, implementada pelos servidores da Secretaria de Saúde, integra o conjunto de ações da campanha Minha Limeira Limpa, lançada pela Prefeitura de Limeira em março.

A ideia é simples, mas tem se mostrado eficaz por atingir diretamente o público. Nesses locais, a população ouve orientações dos agentes de saúde quanto aos mecanismos de destinação do lixo e aproveitam para esclarecer todas as dúvidas relacionadas ao tema, incluindo o funcionamento do 156.

No CSF Amparo, por exemplo, os agentes confeccionaram um cartaz para dar suporte à apresentação, que não dura mais do que 15 minutos. Durante a explanação, eles alertam para os riscos do acúmulo de entulho e lixo em locais inapropriados, como a proliferação do Aedes aegypti e de animais peçonhentos.

Para a agente de saúde da família Joana Nascimento Gomes, de 31 anos, que trabalha no CSF Amparo há um ano, a iniciativa tem se mostrado excelente para conscientizar a sociedade sobre o dever de colaborar com a limpeza pública. Ela também comentou a facilidade de interação com os frequentadores desses locais. “É como se eu estivesse conversando com alguém da família, e por esse motivo, as pessoas me ouvem mais”, disse.

A Operação Só Cacareco e a função dos ecopontos são outros temas abordados durante o treinamento. Os munícipes são orientados a descartar nos Ecopontos apenas restos de construção, podas de jardins, papel, latinhas, plásticos e vidros. Quanto à operação Só Cacareco, que recolhe materiais inservíveis, os agentes reforçam que a disposição do material na calçada deve ser feita apenas na véspera da passagem do caminhão.

Atuar como multiplicador nessa área, segundo o agente Edson Rodrigues Soares, de 45 anos, é uma atividade gratificante. “Além da importância do descarte correto, há também a questão do consumo consciente. Devemos saber quais são as embalagens mais fáceis de encaminhar à reciclagem”, alertou. O time de agentes do CSF é reforçado por Eva Vilma Elias Fermino, de 35 anos. Durante sua fala, ela destacou a necessidade de encaminhar denúncias ao sistema 156.

Na opinião de Monique Anajoza, de 27 anos, mãe de dois filhos, o treinamento na recepção dos CSFs é uma boa oportunidade para conscientizar a população. Ela mora próximo ao ecoponto Campo Belo e afirma que sempre separa o lixo para reciclagem. “Muitos sabem da gravidade da dengue, mas ficam acomodados”.

De acordo com a diretora do Departamento de Gestão Administrativa da Secretaria de Saúde, Marina Archangelo, toda essa iniciativa foi amparada por um treinamento realizado em março pela pasta. “Estamos aproveitando o fluxo de pessoas nos horários de pico das unidades de saúde para realizar ações educativas”, afirmou.

Você pode gostar também

Limeira

Estação MasterChef Jr chega ao Pátio Limeira Shopping

De 29 de junho a 27 de julho, o Pátio Limeira Shopping preparou uma atividade inédita e muito especial para a diversão da garotada. O empreendimento traz pela primeira vez

Limeira

Biblioteca Monteiro Lobato faz parte de projeto de incentivo à leitura

A Emeief Prada inaugurou a Biblioteca Monteiro Lobato neste sábado (22). A escola recebe crianças de quatro a dez anos. A nova sala de leitura possui um acervo de aproximadamente

Limeira

Só Cacareco percorre oito bairros nesta semana

A Operação Só Cacareco, da Secretaria de Obras e Serviços Públicos, realiza coleta de materiais inservíveis durante essa semana, de 4 a 7 de outubro, em vários bairros de Limeira.

Deixe seu comentário