Vandalismo em árvores prejudica projeto de arborização em Limeira

A retirada irregular de árvores é considerada crime ambiental, e a multa pode chegar a 50 Ufesps, o equivalente a R$ 1.117,50.  Foto: Adilson Silveira

A retirada irregular de árvores é considerada crime ambiental, e a multa pode chegar a 50 Ufesps, o equivalente a R$ 1.117,50.
Foto: Adilson Silveira

“Infelizmente, a cada 10 árvores plantadas nas calçadas, praças e áreas verdes de Limeira, nós encontramos algum tipo de vandalismo em quatro plantas”. A afirmação preocupante do diretor de Licenciamento e Fiscalização, Rogério Mesquita, foi constatada mais uma vez na manhã desta quinta-feira (4), quando técnicos foram vistoriar uma espécie quaresmeira, recém-plantada em uma calçada do bairro Jardim Santo André.

Mesquita explicou que, além de plantar, os técnicos retornam aos locais várias vezes para fazer a manutenção e colocar adubos, quando necessário. “Essa é uma árvore originária da Mata Atlântica e disseminada por todo Brasil. Além de cumprir um importante papel na arborização urbana, melhorando a manutenção da qualidade de vida da população, ela também é muito bonita e possui o valor ornamental”, ressaltou.

O diretor de Educação Ambiental da prefeitura, Tiago Valentim Georgette, destacou que cada árvore plantada na cidade, além de embelezá-la, facilita a infiltração de água, oferece abrigo para os pássaros e melhora o conforto ambiental.

Segundo Georgette, para solicitar o plantio de mudas, basta ligar para o 156. Além disso, todos munícipes podem retirar gratuitamente cinco mudas de árvores nativas por mês, no Viveiro do Horto Florestal, localizado na via Jurandir Paixão de Campos Freire, km 3,5. O local funciona de segunda a sexta, das 8h às 11h.

Recentemente foi inaugurado o Viveiro Municipal Ornamental de Limeira. Localizado em uma área de 15 mil metros quadrados, na marginal Eng. Antônio Eugênio Lucato, o espaço é dedicado à produção de mudas de espécies exóticas e nativas. A capacidade de produção do viveiro é de 1.500 a 2.000 mudas por mês.

A retirada irregular de árvores é considerada crime ambiental, e a multa pode chegar a 50 Ufesps, o equivalente a R$ 1.117,50.

Você pode gostar também

Limeira

Abertura de vagas no Mais Médicos aumenta procura por registro

O Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) confirmou hoje (28) à Agência Brasil o aumento da procura por registro profissional após a abertura do edital para

Limeira

Prefeitura faz consulta com motoristas de vans para nova lei

A Prefeitura de Limeira realizou no último sábado (12), uma consulta aos motoristas do transporte escolar do município com os principais pontos do projeto de lei que regulamenta o setor.

Limeira

Audiência pública discute melhorias em casas lotéricas

A primeira audiência pública sobre insalubridade nas casas lotéricas foi realizada nesta terça-feira (8), no anfiteatro da Biblioteca Municipal, no Parque Cidade. O encontro foi organizado pela Secretaria de Saúde

Deixe seu comentário