Vandalismo em árvores prejudica projeto de arborização em Limeira

A retirada irregular de árvores é considerada crime ambiental, e a multa pode chegar a 50 Ufesps, o equivalente a R$ 1.117,50.  Foto: Adilson Silveira

A retirada irregular de árvores é considerada crime ambiental, e a multa pode chegar a 50 Ufesps, o equivalente a R$ 1.117,50.
Foto: Adilson Silveira

“Infelizmente, a cada 10 árvores plantadas nas calçadas, praças e áreas verdes de Limeira, nós encontramos algum tipo de vandalismo em quatro plantas”. A afirmação preocupante do diretor de Licenciamento e Fiscalização, Rogério Mesquita, foi constatada mais uma vez na manhã desta quinta-feira (4), quando técnicos foram vistoriar uma espécie quaresmeira, recém-plantada em uma calçada do bairro Jardim Santo André.

Mesquita explicou que, além de plantar, os técnicos retornam aos locais várias vezes para fazer a manutenção e colocar adubos, quando necessário. “Essa é uma árvore originária da Mata Atlântica e disseminada por todo Brasil. Além de cumprir um importante papel na arborização urbana, melhorando a manutenção da qualidade de vida da população, ela também é muito bonita e possui o valor ornamental”, ressaltou.

O diretor de Educação Ambiental da prefeitura, Tiago Valentim Georgette, destacou que cada árvore plantada na cidade, além de embelezá-la, facilita a infiltração de água, oferece abrigo para os pássaros e melhora o conforto ambiental.

Segundo Georgette, para solicitar o plantio de mudas, basta ligar para o 156. Além disso, todos munícipes podem retirar gratuitamente cinco mudas de árvores nativas por mês, no Viveiro do Horto Florestal, localizado na via Jurandir Paixão de Campos Freire, km 3,5. O local funciona de segunda a sexta, das 8h às 11h.

Recentemente foi inaugurado o Viveiro Municipal Ornamental de Limeira. Localizado em uma área de 15 mil metros quadrados, na marginal Eng. Antônio Eugênio Lucato, o espaço é dedicado à produção de mudas de espécies exóticas e nativas. A capacidade de produção do viveiro é de 1.500 a 2.000 mudas por mês.

A retirada irregular de árvores é considerada crime ambiental, e a multa pode chegar a 50 Ufesps, o equivalente a R$ 1.117,50.

Você pode gostar também

Limeira

Senado aprova MP com ações emergenciais para venezuelanos em Roraima

O Senado aprovou nesta terça-feira (12) a medida provisória (MP) que trata de ações emergenciais de assistência aos venezuelanos que têm migrado para o Brasil através de Roraima. Como já

Limeira

Alunos aprendem observação científica no projeto Plantando Batata com Ciência

Os alunos do 5º ano da Ceief Jamile Caram de Souza Dias participaram de um experimento científico do Projeto Plantando Batata com Ciência na manhã desta quinta-feira (14). O pesquisador

Limeira

Terrenos com mato estão na mira da Prefeitura; notificações aumentam 61% em janeiro

A Prefeitura de Limeira fiscalizou preventivamente nesta segunda-feira (23), terrenos particulares dos bairros Palmeira Real e Interlagos. A iniciativa, que é da Divisão de Fiscalização de Postura, visa detectar a

Deixe seu comentário