Vendas de veículos automotores caem 21,5% no primeiro semestre de 2016

A quantidade de veículos automotores (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus e motocicletas) novos vendidos no primeiro semestre de 2016 totalizou 1.592.746 unidades, 21,51% a menos que o registrado no mesmo período do ano passado. Considerados apenas os segmentos de automóveis e comerciais leves, houve queda de 25,09% nas vendas no primeiro semestre de 2016 (951.206) em comparação ao mesmo período de 2015 (1.269.817). Os dados, divulgados hoje (4), são da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

No mês de junho as vendas gerais totalizaram 263.570 unidades, 0,41% inferior a maio, e 19,05% a menos que o registrado no mesmo mês de 2015. As vendas dos segmentos de automóveis e comerciais leves chegaram a 166.410 unidades em junho, alta de 2,6% em relação a maio e queda de 18,67% em comparação ao mesmo mês de 2015.

“Já estamos notando uma melhora nos índices de confiança, tanto por parte de consumidores como de investidores, mas não imaginamos grandes mudanças nos dados do setor até que o cenário político se defina. Os números do setor apontam que retornamos uma década em resultados de vendas”, disse em nota o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Jr.

Você pode gostar também

Auto

Prazo para licenciamento de veículos com placa final 2 termina na terça-feira

Termina terça-feira (31) o prazo para licenciamento de veículos com placas final 2 no Estado de São Paulo. O procedimento pode ser feito de forma presencial ou eletrônica. Em ambos

Auto

Caminhões sem motoristas serão testados em estradas

A montadora alemã Daimler planeja testar caminhões autônomos em estradas do país no final deste ano, logo depois de as autoridades aprovarem a regulamentação da auto-condução na Alemanha, prevista para

Auto

Mercedes-Benz suspende produção de caminhões e ônibus em São Bernardo

A Mercedes-Benz suspendeu hoje (15) a produção da fábrica de caminhões e ônibus de São Bernardo do Campo (SP). A medida, que vale por tempo indeterminado, foi comunicada aos trabalhadores

Deixe seu comentário