Acordo garante crédito da Caixa a micro e pequenas franquias

Acordo garante crédito da Caixa a micro e pequenas franquias

Parceria firmada entre a Caixa Econômica Federal, a Associação Brasileira de Franchising (ABF) e a seccional regional do Rio de Janeiro da entidade (ABF Rio) vai apoiar financeiramente o setor de franquias nacional, que tem enfrentado prejuízos significativos devido à pandemia do novo coronavírus. O acordo começou a ser construído há 60 dias, na fase mais aguda da crise, e deverá atender, em especial, os micro e pequenos franqueados, que constituem a maioria do sistema de franquias do país, disse hoje (18) à Agência Brasil o vice-presidente da ABF, Antonio Moreira Leite.

A partir da análise dos dados dos franqueados e franqueadores, a Caixa pôde fazer um rating (classificação) de crédito e prover um crédito assistido para os diversos segmentos do franchising. Moreira Leite explicou que isso não significa apenas o micro e pequeno empresário ter acesso ao crédito, mas contar com assistência de técnicos da Caixa para que a utilização dos recursos seja bem direcionada para a preservação dos negócios. Lembrou que o sistema de franchising é um empreendedorismo assistido.

Linhas específicas
Com o acordo, criou-se um fluxo de atendimento específico para as franquias associadas à ABF, onde os franqueados, por meio de seus franqueadores, têm acesso ao portal da Caixa, onde todo o fluxo de cadastramento de dados é feito digitalmente e a Caixa direciona os gerentes para atendimento aos franqueados. Foram criadas linhas específicas de financiamento para o franchising, informou o vice-presidente da ABF.

Uma dessas linhas tem custo médio de 0,83% ao mês, atrelado à Taxa de Referência (TR), prazo de pagamento de 60 meses e três meses de carência. Essa linha é destinada a empresas com faturamento anual acima de R$ 360 mil. Outra linha de crédito pré-fixada, voltada a micro e pequenas empresas (MPEs) tem juros a partir de 1,40% ao mês, prazo de 48 meses e carência automática de três meses. O pacote de benefícios inclui também Cartão Empresarial com isenção da primeira anuidade; Cheque Empresa com taxa de 8,9% ao mês; capital de giro com 28% de desconto em relação à taxa de balcão e desconto de 50% durante seis meses na adesão à Cesta de Serviços nova ou expansão de cesta existente. A concessão dos recursos é sujeita à análise de crédito.

Universo
O franchising brasileiro engloba hoje 3 mil franqueadores e mais de 161 mil unidades em operação, responsáveis pela geração de 1,361 milhão de empregos diretos e 5 milhões indiretos, e está presente em mais de 40% dos municípios do país. O setor registrou faturamento de R$ 186,7 bilhões, no ano passado.

Na fase pré-covid-19, essas 161 mil unidades franqueadas tinham faturamento médio de R$ 95 mil por mês, cada. “Se a gente considerar esse faturamento médio das franquias no território brasileiro, a gente está falando de um faturamento médio anual em torno de R$ 1,2 milhão, que não só torna os franqueados elegíveis ao financiamento da Caixa, como também a acessar o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe)”. A Caixa foi o primeiro banco do país a anunciar que tornou o Pronampe operacional, através da linha de crédito GiroCaixa, destacou Leite.

“Essa parceria com a Caixa veio no momento oportuno, pelo atendimento diferenciado em ambiente digital; por poder, a partir de análise de crédito e rating, entender que o sistema de franquia tem esse perfil de crédito relativo melhor do que a média do mercado; e, por fim, com o nascimento do Pronampe, poder ser também um conector dos micro e pequenos franqueados a essa importante linha chancelada pelo governo federal”, manifestou o vice-presidente da ABF. Moreira Leite diz acreditar que deverão ser atendidas mais de 70 mil unidades espalhadas pelo Brasil.

Para o diretor da estratégia de Varejo da Caixa, Jeyson Cordeiro, a parceria posiciona a instituição em um dos setores mais estratégicos do mercado, “permitindo às franquias e seus franqueados acesso ao crédito com taxas justas neste momento de grande necessidade”.

De acordo com pesquisa da ABF, a demanda de crédito das redes de franquia associadas à entidade totaliza cerca de R$ 3,7 bilhões. Olhando a perspectiva do franqueado, a estimativa é que a demanda média de crédito por unidade seja da ordem de R$ 93 mil. Em média, cada rede de franquia tem 53 franqueados.

Impactos
Segundo revelou Moreira Leite, os diversos segmentos do franchising nacional tiveram, durante a pandemia, impactos negativos diferenciados. O maior segmento em número de redes e de unidades é o de restaurantes. Aqueles que conseguiram se manter abertos e atuando pelo sistema de entrega direta ao cliente tiveram seu faturamento médio atingindo 20% do que era na fase pré-crise. Moreira Leite analisou que “qualquer empresa que opere com sua receita próximo de 20% do original é uma empresa que opera, em larga escala, em prejuízo”.

Outros setores bastante afetados foram o de educação, que teve que se reinventar a partir do ensino à distância e que experimentou evasão no número de alunos matriculados; o de beleza e bem-estar, que embora ofereça tratamentos individualizados, está, em sua maioria, fechado até hoje; e o de turismo e hotelaria, também paralisado desde o início da crise.

Previous Limeira tem 656 casos positivos de Covid-19; nova morte é registrada
Next São Paulo tem mais 325 óbitos por coronavírus nas últimas 24 horas

About author

You might also like

Brasil

Receita inicia hoje consulta ao primeiro lote do Imposto de Renda

A partir das 9h de hoje (22), os contribuintes poderão fazer a consulta ao primeiro lote de restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) 2020. Segundo a Receita

Brasil

Em maio, 13,3% das pessoas ocupadas exerceram teletrabalho

Em maio, o teletrabalho foi exercido por 13,3% das pessoas ocupadas no Brasil, o equivalente a 8,7 milhões de trabalhadores, segundo o estudo que teve como base a Pesquisa Nacional

Brasil

A uma semana do fim do prazo, 70% dos contribuintes já entregaram o IR

A uma semana para o fim do prazo de entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2020, a Receita Federal recebeu, até o fim da tarde de