Volume de serviços cai 6,9% em março, maior recuo desde 2011

Volume de serviços cai 6,9% em março, maior recuo desde 2011

O volume do setor de serviços caiu 6,9% na passagem de fevereiro para março deste ano no país. Essa é a maior queda do indicador desde o início da série histórica, em janeiro de 2011. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o recuo foi mais intenso no último terço do mês de março, quando começaram as medidas de isolamento social devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Na passagem de janeiro para fevereiro, o setor já havia tido uma queda de 1%. Na comparação com março do ano passado, a queda chegou a 2,7%. No acumulado do ano, a queda é de 0,1%. Já no acumulado de 12 meses, o setor teve alta de 0,7%.

A receita nominal do setor caiu 7,3% de fevereiro para março e 1,1% na comparação com março do ano passado. No acumulado do ano, a receita cresceu 2,2% e, no acumulado de 12 meses, 3,9%.

A queda de 6,9% do volume de fevereiro para março foi acompanhada pelas cinco atividades pesquisadas, com destaque para os serviços prestados às famílias (-31,2%, o recuo mais intenso da série), e por transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (-9%).

Também tiveram quedas os serviços profissionais, administrativos e complementares (-3,6%), informação e comunicação (-1,1%) e outros serviços (-1,6%).

Previous Mercado financeiro prevê queda de 4,11% na economia este ano
Next Índice que reajusta aluguel acumula inflação de 5,87% em 12 meses

You might also like

Brasil

Produção industrial cresce 8,9% de maio para junho

A produção industrial brasileira cresceu 8,9% em junho deste ano, na comparação com maio. Essa é a segunda alta consecutiva do indicador, que já havia registrado expansão de 8,2% em

Brasil

Vendas do Tesouro Direto superam resgates em R$ 1,57 bi em abril

A venda de títulos públicos a pessoas físicas somou R$ 2,97 bilhões em abril, informou hoje (26) o Tesouro Nacional. Os resgates, por sua vez, somaram R$ 1,4 bilhão. Dessa

Brasil

Rendimento médio de brasileiros cai a 82% em maio devido à covid-19

Os efeitos da pandemia de covid-19 foram especialmente sentidos no mês de maio, que marcou o pico de casos em diversas capitais do Brasil, levando a uma queda média nos

Brasil

Indicador do Ipea mostra avanço de 28,2% nos investimentos em maio

O indicador econômico que mede o nível de investimentos teve crescimento de 28,2% em maio frente a abril deste ano, divulgou hoje (7), no Rio de Janeiro, o Instituto de

Brasil

Coronavírus infecta 780 presos e 362 profissionais de segurança no DF

Ao menos 780 pessoas que cumprem pena de prisão no Distrito Federal contraíram covid-19, segundo o último boletim da Secretaria de Saúde. Outros 362 profissionais da segurança pública também foram

Brasil

Busca por crédito tem queda de 25,7% em abril

A busca dos brasileiros por crédito teve queda de 25,7% em abril deste ano, na comparação com o mesmo mês do ano passado. Em relação a março de 2020 houve