Argentina impõe severa proibição de viagens até setembro

Argentina impõe severa proibição de viagens até setembro

A Argentina proibiu todas as vendas de passagens aéreas comerciais até setembro, numa das mais duras restrições de viagens no mundo em razão do coronavírus. O setor de aviação alertou que a medida pressionará companhias aéreas e aeroportos.

Enquanto as fronteiras do país estão fechadas desde março, o novo decreto vai além, proibindo até 1º de setembro a compra e venda de voos comerciais a partir, com destino, ou dentro da Argentina. O decreto, assinado nessa segunda-feira (27) pela Administração Nacional de Aviação Civil, diz que “foi entendido como razoável” implementar as restrições.

Muitos países da América do Sul, incluindo Equador, Peru e Colômbia, têm proibido todos os voos comerciais por enquanto, mas nenhum estendeu a restrição de forma tão longa quanto a Argentina. Estados Unidos, Brasil e Canadá impuseram restrições, mas não proibições.

“O problema era que as companhias aéreas estavam vendendo passagens sem terem autorização de viajar para solo argentino”, disse um porta-voz do presidente Alberto Fernandez.

A proibição pressiona a Latam, que tem importante operação doméstica na Argentina e tem buscado ajuda de vários governos. A maior companhia local, a Aerolineas Argentinas, é estatal e pode sobreviver enquanto o governo estiver disposto a subsidiá-la.

A proibição também afetaria companhias menores e de baixo custo, que cresceram rapidamente no país com o apoio do ex-presidente Mauricio Macri, como a FlyBondi, no mercado interno, e SkyAirlines e JETSmart, que voam internacionalmente.

Previous Covid-19: Brasil passa dos 66 mil casos confirmados
Next Ação da prefeitura vistoria locais críticos para a dengue

About author

You might also like

Mundo

Número de infectados na China pode ser 4 vezes maior que o oficial

Mais de 232 mil pessoas podem ter sido infectadas na primeira fase de contágio pelo novo coronavírus na China continental, número quatro vezes superior ao divulgado pelas autoridades à época.

Mundo

Trump sugere que estados reabram economia em três fases

O presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, propôs diretrizes nessa quinta-feira (16) sob as quais os governadores poderão agir para retomar a economia da paralisação em decorrência do novo

Mundo

Provas de ciclismo mundial voltam a acontecer em agosto

As provas de ciclismo internacional voltarão a acontecer em agosto, com término em 8 de novembro. Nesta terça (5), a União Ciclística Internacional (UCI) anunciou o calendário atualizado das etapas