Espanha é segura, diz ministra após Grã-Bretanha impor quarentena

Espanha é segura, diz ministra após Grã-Bretanha impor quarentena

A Espanha é novamente segura para turistas e cidadãos espanhóis, insistiu o governo nesse domingo (26), depois que a Grã-Bretanha impôs abruptamente uma quarentena de duas semanas aos viajantes que retornam de lá, uma decisão que encheu turistas de preocupação.

No ano passado, os britânicos representaram mais de um quinto dos estrangeiros que visitaram a Espanha, país que depende muito das receitas do turismo. A nova medida da Grã-Bretanha pode ser um duro golpe nos esforços para restabelecer a economia do país mediterrâneo após meses de bloqueio.

“A Espanha é segura, é segura para os espanhóis, é segura para turistas”, disse a ministra das Relações Exteriores, Arancha Gonzalez Laya, a repórteres.

O governo espanhol concentrará seus esforços na tentativa de convencer a Grã-Bretanha a excluir as ilhas Baleares e Canárias da quarentena, disse ela, acrescentando que a prevalência do novo coronavírus nesses destinos populares de viagens é muito menor do que no Reino Unido.

A Espanha viu os casos de covid-19 aumentarem nas últimas semanas, e a Grã-Bretanha anunciou no sábado que retiraria o país de uma lista de locais seguros para viajar. A quarentena entrou em vigor horas depois.

A medida atrapalhou os planos de muitas pessoas em férias ou que planejavam tirar férias, e causou mais problemas para as companhias aéreas e empresas de turismo.

Se por um lado Gonzalez Laya evitou criticar diretamente a mudança na Grã-Bretanha, os turistas britânicos na Espanha foram mais diretos. “É um pouco maluco, considerando que as restrições existentes na Espanha já são muito boas, com máscaras, desinfecção de tudo, lavagem das mãos no comércio. Isso é melhor do que o que temos em Londres”, disse Rich Lambert, um profissional de comunicação, no aeroporto de Barcelona.

A Grã-Bretanha também desaconselhou todas as viagens, exceto as essenciais, à Espanha continental, deixando as ilhas fora do conselho, mas incluindo-as na medida de quarentena.

Previous Petrobras avança no desenvolvimento do campo de Búzios, no pré-sal
Next Corinthians, Ponte Preta e Mirassol passam para as quartas do Paulista

You might also like

Mundo

ONU exige libertação de crianças palestinas detidas por Israel

A Organização das Nações Unidas (ONU) denunciou hoje (11) “a detenção continuada de crianças palestinas” por Israel e exigiu que os seus direitos sejam protegidos através da libertação imediata para

Mundo

OMS diz que América do Sul ainda não atingiu pico da epidemia

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou nesta segunda-feira (1º) que a América do Sul ainda não chegou ao pico da epidemia do novo coronavírus, inclusive no Brasil, e não

Mundo

EUA: Senado derrota tentativa de barrar transferências a polícias

O Senado dos Estados Unidos (EUA) derrotou nessa terça-feira (21) uma tentativa de impedir a transferência de gás lacrimogêneo, veículos blindados e outros armamentos dos militares para polícias locais, apesar

Mundo

Espanha deixará crianças saírem para caminhar

A Espanha permitirá que crianças saiam de casa para caminhar a partir do próximo fim de semana, em uma flexibilização do isolamento imposto no país por causa da pandemia de

Mundo

China apela aos EUA que cumpram obrigações com a OMS

O Ministério dos Negócios Estrangeiros da China considera que o corte no financiamento da Organização Mundial da Saúde (OMS), por parte dos Estados Unidos (EUA), é negativo e vai afetar

Mundo

Provas de ciclismo mundial voltam a acontecer em agosto

As provas de ciclismo internacional voltarão a acontecer em agosto, com término em 8 de novembro. Nesta terça (5), a União Ciclística Internacional (UCI) anunciou o calendário atualizado das etapas